"A leitura do mundo precede a leitura da palavra." "Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem." "Língua Gosto de sentir a minha língua roçar A língua de Luís de Camões Gosto de ser e de estar E quero me dedicar A criar confusões de prosódias E uma profusão de paródias Que encurtem dores E furtem cores como camaleões Gosto do Pessoa na pessoa Da rosa no Rosa E sei que a poesia está para a prosa Assim como o amor está para a amizade (...)"

segunda-feira, 7 de março de 2011

Origem do Carnaval!!


O Carnaval brasileiro é originário do entrudo português, um conjunto de brincadeiras de rua em que as pessoas atiram água, farinha, ovos podres umas nas outras. Essa festa acontecia na época anterior à Quaresma.

Trazido para o Brasil no século XVII, o entrudo sofreu influências dos carnavais de países europeus, como Itália e França, a partir do século XIX. Foi quando as máscaras, as fantasias e os personagens, como o pierrô, a colombina e o Rei Momo, entraram para a festa brasileira. Nesta época surgem, também, os primeiros blocos, cordões- desfiles de carros alegóricos. A partir daí, a festa vai ganhando força e chega praticamente todas as regiões brasileiras. Ano após ano, o repertório musical que embala a folia vai aumentando, ganhando novas cantigas e ritmos, como as famosas marchinhas.

Em 1928, no Rio de janeiro, sai a primeira escola de samba, chamada Deixa Falar, criada pelo sambista Ismael Silva. Do Rio esse modelo de desfile se espalha para outras cidades.

A tradição do Carnaval de rua, onde todos podem participar, não desaparece. Ela permanece forte no Nordeste, onde se destacam o frevo e o maracatu. Em Salvador, há trios elétricos e blocos de rua.


Nenhum comentário:

Postar um comentário