"A leitura do mundo precede a leitura da palavra." "Os verdadeiros analfabetos são os que aprenderam a ler e não leem." "Língua Gosto de sentir a minha língua roçar A língua de Luís de Camões Gosto de ser e de estar E quero me dedicar A criar confusões de prosódias E uma profusão de paródias Que encurtem dores E furtem cores como camaleões Gosto do Pessoa na pessoa Da rosa no Rosa E sei que a poesia está para a prosa Assim como o amor está para a amizade (...)"

sábado, 3 de julho de 2010

SAY NO TO RACISM!

SAY NO TO RACISM

DIGA NÃO AO RACISMO

Em todas as partidas das quartas de final da Copa do Mundo 2010, todos os oito times presentes estão lendo uma declaração contra qualquer tipo de discrimação no futebol e na sociedade.
A Fifa informa que as equipes "se unem para emitir uma clara mensagem contra o racismo e qualquer outra forma de discriminação".

"Como parte integrante de nossa responsabilidade social, devemos aproveitar nossos torneios para sensibilizar as pessoas sobre os maiores problemas da sociedade atual. A voz dos jogadores nos servirá para ampliar esta mensagem e para que sobressaiam a solidariedade, o respeito e o fair play", afirmou o presidente da Fifa, Joseph Blatter. Segundo a nota da Fifa, para o ex-presidente sul-africano Nelson Mandela, "o esporte é capaz de gerar esperança onde antes só houve desânimo. Tem mais poder que os Governos para acabar com as barreiras raciais".

Nenhum comentário:

Postar um comentário